Atividades de Pesquisa

Pesquisa: Teoria e Prática 

Visa-se a formação em metodologia de pesquisa com ampliação da formação realizada em 2016 sobre coleta, descrição e análise de dados para os petianos do grupo. Integração dos acadêmicos a projetos e/ou programas de pesquisa da UFSC, levando em conta a área de formação de cada petiano e seus campos de interesse.
Objetiva-se, capacitar os novos membros do grupo a coletar dados, descrevê-los e analisá-los, bem como aos veteranos ampliarem seu conhecimento neste campo, além de integrar os petianos em projetos e/ou programas de pesquisa da UFSC, preferencialmente relacionados a sua área de formação.
Preferencialmente, as temáticas estarão alinhadas ao Impacto das Ações Afirmativas na UFSC, Direitos Humanos e Cultura Popular.
Para aumentar a taxa de sucesso dessa atividade, haverá uma atividade intitulada “Gerenciamento de Projeto: Parceria”, que busca o estabelecimento de parcerias com Departamentos, Cursos e Comissões da UFSC onde objetiva-se:

  • Articular ações de colaboração e parceria com os cursos da UFSC priorizando, inicialmente, os cursos de origem dos petianos visando sua integração a projetos e/ou programas de pesquisa assim como atividades acadêmicas e de extensão relacionados a sua área de formação;
  • Estabelecer novas parcerias e fortalecer as já existentes com Departamentos, Comissões e Secretarias da UFSC que possam auxiliar o PET Conexões de Saberes nas suas atividades de ensino, pesquisa e extensão assim como apoiar na formulação de novas estratégias de desenvolvimento do ensino superior e na introdução de novas práticas pedagógicas na graduação (por exemplo com a Comissão de Acompanhamento e Avaliação de Ações Afirmativas, Secretaria de Cultura e Arte da UFSC, etc).

 

Além disso, este grupo PET  busca a articulação com a Comissão de Acompanhamento e Avaliação das Ações Afirmativas na UFSC, objetivando alcançar uma das metas nacionais relativas aos grupos PET Conexões de Saberes: o enraizamento da temática na agenda política da instituição, contribuindo assim para a formulação de uma política local e nacional de ações afirmativas destinadas à democratização do acesso e da permanência de estudantes de origem popular na universidade.