Atividades Contínuas

 

  • Treinamento em Letras Libras – (atividade contínua)
 Petianos  petianos PET Conexões de Saberes – participantes do Projeto Citrus
 Público  petianos PET Conexões de Saberes – participantes do projeto Citrus
 Período  desde 01/2020

Os petianos atuantes no Projeto Citrus (Centro de Inovação Artística e Científica – protocolo UFSC 201923300) realizam treinamento interno no PET Conexões de Saberes em Letras Libras objetivando atender as necessidades futuras do desenvolvimento do Projeto Citrus e, consequentemente, facilitar a comunicação com um de seus membros que é surdo. As aulas iniciaram no mês de fevereiro e, em função da pandemia do Covid-19, estão sendo realizadas via conferências on-line duas vezes por semana.

 

  • Informação em Libras sobre Covid-19 para a Comunidade Surda – (atividade contínua)
 Petianos  petianos PET Conexões de Saberes – participantes do Projeto Citrus
 Público  petianos PET Conexões de Saberes – participantes do Projeto Citrus
 Período  desde 04/2020 – enquanto durar a pandemia

Os petianos atuantes no Projeto Citrus (Centro de Inovação Artística e Científica – protocolo UFSC 201923300)  vem trabalhando remotamente em informação em Libras sobre COVID-19 para a Comunidade Surda e disponibilizando no Instagem do Projeto Citrus do qual o PET Conexões de Saberes participa.

Este trabalho tem recebido apoio do grupo Signa.Edu  (https://www.signaedu.com/) no apoio da preparação do intérprete e na edição dos vídeos. Nestas informações também são abordados em como realizar pesquisas e como certificar-se da veracidade de notícias sobre este assunto. Como exemplo, tem-se os títulos: “COVID-19: Fato ou Fake?” (https://www.instagram.com/tv/B-hx6kDF5na/?igshid=1nzv9t1i3zsce) e do “Por que devemos ficar em casa?” (https://www.instagram.com/tv/B-pXtYuF7hl/?igshid=1pb37xjumacj).

Siga o @projetocitrus e ajude a informação chegar a todos.

 

 Reuniões Interpet – (atividade contínua)
 Petianas  Jadh Beatriz , Bianca Rodrigues e Vanissi Araújo
 Público  Petianos da UFSC
 Período  Atividade contínua

O projeto tem como finalidade socializar as atividades realizadas pelo PET Conexões de Saberes para conhecimento e participação da comunidade UFSC e comunidade externa nas atividades desenvolvidas pelos petianos e voluntários com base nos conhecimentos acadêmicos, pessoais e afinidades destes para compartilhamento com a sociedade.

 Site, Facebook e Instagram – (atividade contínua)
 Petianas  Jadh Beatriz , Bianca Rodrigues, Vanissi Araújo e tutor (exclusivo para o site)
 Público  aberto ao público em geral mas, mais especificamente , à comunidade petiana
 Período  Atividade contínua – Site desde 2017,  Facebook desde 2018 e Instagram desde 2020

O projeto tem como finalidade socializar as atividades realizadas pelo PET Conexões de Saberes para conhecimento e participação da comunidade UFSC e comunidade externa nas atividades desenvolvidas pelos petianos e voluntários com base nos conhecimentos acadêmicos, pessoais e afinidades destes para compartilhamento com a sociedade.

A seguir, algumas imagens do Instagram com temas tratados:

Temas tratados em 2020

 

  • Cine PET – (atividade contínua) – No momento suspenso em função da pandemia do Covid-19
 Petianas  Jadh Beatriz ,  Bianca Rodrigues e Vanissi Araújo
 Público  petianos PET Conexões de Saberes
 Período  Atividade contínua – desde 2019

Este projeto já faz parte de vários PETs dentro e fora na universidade com o objetivo de promover uma discussão saudável a respeito de vários temas abordados em filmes e documentários, fomentando a união entre os petianos e enriquecendo o debate devido a diversidade dos cursos presentes e característico do PET Conexões de Saberes.

 

  • Idioma extracurricular – (atividade contínua) 
 Parceria   Extracurricular da UFSC
 Público  aberto para os petianos PET Conexões de Saberes
 Período  Atividade contínua – desde 2017 – desde início da parceria com Extracurricular da UFSC

Grande parte dos petianos começaram, a partir deste semestre (2017.2), um curso de idioma extracurricular, o que é muito útil tanto para a vida profissional quanto para a pessoal. A língua inglesa aparece como a mais procurada, mas além dela, observou-se o interesse por outras lí­nguas também foi despertado.